Estadão Blue Studio

10 fatos que comprovam o valor do branded content para as marcas

Reunimos abaixo estatísticas e estudos que mostram por que o branded content é o conteúdo que mais se traduz em atenção, interesse e vendas para a sua marca.

 

  1. O branded content é 22 vezes mais atraente ao consumidor que outros tipos de anúncios

Leitores gastam, em média, 36 segundos interagindo com conteúdo de marca escrito, que é significativamente maior do que a média de 1,6 segundo que eles gastam com anúncios num banner, cuja taxa de clicks é de 0,1% em média.

 

  1. O branded content gera um recall de marca mais alto do que os anúncios no formato pre-roll

Pre roll ads são aqueles anúncios em vídeo reproduzidos automaticamente antes de um vídeo mais longo em celulares e laptops, muito comuns no YouTube. Esses anúncios geralmente têm 15, 30 ou 60 segundos de duração. Apesar da força do vídeo, o branded content supera este tipo de anúncio quando a métrica é recall da marca: 86% para branded content contra 65% para os pre roll, de acordo com este relatório da Nielsen.

 

  1. O branded content impulsiona mais a intenção e o interesse do consumidor

Um estudo conduzido pelo IPG Media Lab descobriu que os consumidores têm 14% mais chances de buscar conteúdo adicional de um anunciante depois de serem expostos ao conteúdo de marca.

 

  1. O recall da marca gerado pelo branded content é 59% maior do que o de outros canais digitais

Os dados são do mesmo estudo do IPG Media Lab. A boa notícia é que essa taxa aumentou em 17% desde a última pesquisa em 2013.

 

  1. O recall é 50% maior quando o conteúdo é distribuído por uma marca forte ou uma rede de editores premium

Fazer parceria com editores e canais reconhecidos no mercado ajuda a ampliar o alcance da marca, segundo estudo da Nielsen.

 

  1. 90% dos grupos de mídia americano esperam que sua receita de branded content aumente nos próximos 12 meses

A expectativa é que o branded content cresça mais do que qualquer outro fluxo de receita, incluindo assinaturas, anúncios em vídeo ou anúncios gráficos.

 

  1. Os investimentos em native ads (propaganda nativa) devem ultrapassar US $ 402 bilhões até 2025

Native Ads, ou Propaganda Nativa, é um tipo de branded content que se adapta totalmente ao formato e à identidade visual da página, plataforma ou hub digital onde está inserido. De acordo com a análise da agência AdYouLike, este é um dos formatos mais promissores de branded content.

 

  1. 74,5% dos profissionais de comunicação e publicitários incluem branded content em suas campanhas

E, desses, 67% esperam que seus clientes gastem mais com este tipo de conteúdo no próximo ano, de acordo com um estudo da universidade USC Annenberg Center for Public Relations.

 

  1. 27,5% dos usuários da internet já têm um bloqueador de anúncios

Isso representa um em cada quatro usuários. E os millennials são ainda mais avessos a banners. Dois em cada três millennials bloqueiam anúncios, embora ainda sintam que anúncios redirecionados e anúncios de mídia social podem ser relevantes para seus interesses.

 

  1. A maioria dos anunciantes evita ativamente os anúncios. Até mesmo os seus próprios.

Um estudo da Pressboard mostrou que 98% dos profissionais de marketing transmitem conteúdo sem anúncios e 27% relatam o uso de bloqueadores de anúncios e 96% declaram preferir artigos a banners.

 

 

 

Consulte mais informações

Solicite uma proposta, cases ou nosso Mídia Kit

Entre em contato conosco:

Fale Conosco

Nossa política de cookies

Utilizamos cookies para melhorar a experiência do usuário e analisar o tráfego do site. Por esses motivos, podemos compartilhar os dados de uso do seu site com nossos parceiros de análise. Ao clicar em "Aceitar cookies", você concorda em armazenar em seu dispositivo todas as tecnologias descritas em nossa Política de cookies. Você pode alterar suas configurações de cookies a qualquer momento clicando em “Preferências de Cookies”.